OBSERVAÇÕES IMPORTANTES PARA VISTO DE TRABALHO

Se vai a Moçambique a trabalho, se faz necessário anexar o contrato que o vincula com a empresa onde vai trabalhar devidamente assinado pelo contratante e pelo contratado com visto do Ministério de Trabalho de Moçambique ou uma carta do Ministério do Trabalho de Moçambique que confirma o cabimento legal do recrutamento pela empresa do trabalhador em causa.

Se a missão está ligada aos trabalhos missionários, a carta convite deve descrever a pertinência deste/a missionário/a viver em Moçambique. A mesma deve ter assinatura de quem convida em Moçambique e uma recomendação escrita e assinada da Instituição Pública moçambicana onde a organização está vinculada. Exemplos:

  1. Para Organizações Religiosas-Ministério da Justiça-(Departamento de Assuntos Religiosos);
  2. Para Organizações de caris Sociais-Ministério de Ação Social, Ministério de Saúde ou de Educação.

O visto de trabalho é concedido ao cidadão estrangeiro que se desloque ao país com vista a prestar, ou exercer, temporariamente, uma atividade profissional por conta de outrem, com ou sem remuneração.

O visto de trabalho inclui técnicos ou trabalhadores das empresas, religiosos, que pretendem fixar ou não residência permanente, voluntários que vão exercer alguma atividade em alguma organização.

O visto de trabalho já está em vigor e poderá ser solicitado respeitando o preçário alinhado na lista de preços de vistos em vigor na Embaixada.